O nome Reviver teve como inspiração a parábola do filho pródigo. Filho que encontrou vida novamente nos braços acolhedor e misericordioso de seu pai. A misericórdia manifestada por Jesus ao contar essa parábola, tem dois aspectos importantes para a evangelização na Comunidade Católica Reviver: primeiro o Pai que Ama, e dá o seu amor ao filho mais moço sem que ele tenha direito, o segundo aspecto se manifesta justamente quando o filho arrependido toma a decisão de voltar para casa. “Não sou digno de ser chamado seu filho”. Na volta, vendo o filho ferido e sem dignidade o pai o acolhe em seus braços, beija-o, coloca sandália nos seus pés e veste-lhe com uma roupagem nova.

“Este meu filho estava morto e reviveu” (Lc 15,24). O homem machucado pelo pecado encontra cura nos braços misericordioso do Pai do céu. Para o homem faminto a quem é negada lavagem que é reservada aos porcos o Pai oferece um banquete de novilho gordo regado a vinho e danças. Para a Comunidade Católica Reviver, o anúncio desse amor misericordioso é o caminho que provoca esse encontro entre o homem ferido pelo mundo com o Pai misericordioso. Encontro retratado no abraço do Pai, mas, sobretudo no banquete da Eucaristia, onde o Cordeiro de Deus se oferece para saciar nossa fome.

Reviver significa retornar à vida, adquirir vida nova, ressuscitar, este é o nosso ministério exercido através da evangelização Kerigmática, no poder do Espírito Santo, usando os carismas de cura e libertação (Lucas 15, 24)