Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra. (Lc 10,38-39)

No Evangelho da liturgia de hoje Jesus nos ensina muito a partir dessas duas mulheres: Marta e Maria.

Com Marta aprendemos a receber o Senhor Jesus. a ela cabia o ônus de zelar pela casa, das tarefas domestica e de tanto outros afazeres, entretanto ela não se recusa a receber o ilustre convidado, as portas de sua casa estava sempre aberta para Jesus. Receber como Marta o fez já é uma grande virtude, principalmente para nós que vivemos em um mundo competitivo, onde sempre temos que produzir mais e melhor e ai já não temos tempo pra nada, não temos tempo pra ir ao grupo de oração, para ir a missa, pra oração pessoal então nem pensar.

com Maria, nós aprendemos a aprofundar a virtude de receber, aprendemos a acolher. Receber é bom, mas a melhor parte está em acolher. acolher é da prioridade a Jesus em nossa vida. muitas vezes nós nos encontramos no grupo de oração, na missa, ou mesmo na oração pessoal, apenas de corpo presente, pois nossa cabeça e coração, nossos sentidos e emoções estão perdidos nos labirintos de preocupação e agitação da vida moderna.

precisamos receber Jesus e acolher ele na casa de nosso coração, fazer de todo nosso ser e sentidos, ouvido para sua palavra. o que dele ouvimos e aprendemos é eterno, ninguém e nada poderá tirar essa graça de nós.

 

Deus te abençoe!